CATEGORIA: Blog, Notícias
novembro 05, 2012

Já “deletou” algo hoje?

Consideramos neologismo toda a palavra ou expressão nova que é incorporada ao idioma, seja de novo significado ou criada para quando surge uma necessidade específica de expressão. Em geral, surgem a partir de um comportamento, das dinâmicas das relações sociais. Um exemplo típico de nossos tempos, e que inclusive já foi incorporada a dicionários, é o neologismo “deletar”.

Há 10 ou 15 anos, alguém que se arriscasse a pronunciar em forma de verbo o que está escrito no botão que equipa teclados de computador poderia não ser compreendido por todos. Hoje, “deletar” está banalizado como sinônimo de “apagar”. Mas que caminhos essa palavra fez até ser incorporada ao português a ponto de o Dicionário Houaiss adotá-la como verbete.

Mas antes de apontar esse neologismo como mais um estrangeirismo anglo-saxônico, é bom lembrar que a raiz está no latim: “delere”, cujo significado não poderia ser outro senão apagar, remover, destruir. Não por acaso o Latim presenteou a Língua Portuguesa com o adjetivo indelével – indestrutível, durável, que não pode ser apagado.

Quis a informática que o caminho da expressão “delere” fizesse uma escala no Inglês até se tornar um verbo transitivo direto no nosso idioma.

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppSkypeTelegramCompartilhar

Comments

See other new stories