Hoje é o dia para lembrar de todos os idiomas do mundo

O idioma de um país é muito mais que apenas o meio de comunicação de seu povo. A história, a cultura, as crenças e a identidade nacional são elementos intimamente ligados ao idioma falado pela população, passados de geração em geração. Seja em português, inglês, espanhol ou italiano, hoje é o Dia Internacional da Língua Materna, data criada pela Unesco, organização das Nações Unidas para a educação, ciência e cultura, para reafirmar o compromisso da instituição com a defesa e a promoção dos idiomas.

idioma-idiomas-dia-internacional-da-lingua-materna-traduzca-traducao

O Dia Internacional da Língua Materna surgiu para reafirmar o compromisso da UNESCO com a defesa e a promoção dos idiomas.

Vamos falar sobre o Brasil. Além do português, nosso idioma materno e oficial, temos outros dialetos que são falados em vários cantos do país. Segundo o Ethnologue, considerado o maior inventário de línguas do planeta, existem 218 idiomas no Brasil.

Diversas cidades cooficializaram outras formas de se comunicar. Em São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas, por exemplo, existem três outros idiomas além do português: o nheengatu, o tukano e o baniwa. Já em Pomerode, em Santa Catarina, e em Santa Maria do Jetibá, no Espirito Santo, o alemão e o pomerano foram oficializados. No Rio Grande do Sul, é possível encontrar comunidades que falam o talian, dialeto originário do italiano, além do Hunsrückisch e do Plattdeutsch, derivados do alemão.

Segundo levantamento recente da Unesco, um idioma desaparece a cada duas semanas no mundo. Com isso, parte da história humana e do patrimônio cultural de um povo se perde também.

Há 20 anos, a Traduzca ajuda a traduzir histórias, aproximando pessoas e negócios com soluções completas em 31 idiomas. Para conhecer todos os nossos serviços, clique aqui.